SANDÁLIAS DO PIRATA

30/09/2010

Aparelhamento do STF.

Filed under: POLITICA — julio pegna @ 4:30 PM

A noticia é grave e coloca a democracia em risco.

Não é o PT que denuncia. É a Folha de S.Paulo, jornal editado pela direita, através dos jornalistas Moacyr Lopes Jr e Catia Seabra.

Sob o título Após ligação de Serra, Gilmar Mendes para sessão sobre documentos para votar – clique aqui para ler a matériao jornal denuncia uma fraude. Afirma que o Ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes interrompeu o julgamento de um recurso do PT depois de receber uma ligação do candidato José Serra, do PSDB.

A matéria não diz “após receber uma suposta ligação”, como de praxe. A afirmação é categórica!

O fato é que Gilmar Mendes pediu vistas de um processo cujo placar era, até o momento de seu voto, 7 X 0 à favor do recurso do PT, ou seja, sete Ministros do STF entendiam que não deveria ser obrigatória a apresentação do título de eleitor no momento do voto, mas apenas um documento com foto. Placar suficiente para a decisão. O gesto de Mendes interrompeu a votação e, consequentemente, o resultado, que pode ser decretado só após o pleito. Como quer o candidato Serra.

Tucanos em geral costumam acusar o Partido dos Trabalhadores de aparelhar o Estado brasileiro com companheiros. Serra cansou de repetir isso nos debates e na propaganda de TV. Este ato, ligar para o celular de um Ministro do STF, em plena sessão, e pedir para interromper uma votação ultrapassa o aparelhamento. É interferência direta no Poder Judiciário. E, pior, ao que tudo indica, Serra foi atendido.

A troco de quê? Qual a razão para Mendes atender a ordem de Serra? Qual o limite da subserviência do Poder Judiciário Brasileiro perante o PSDB?

Estas perguntas devem ser respondidas com urgência pelos demais Ministros do STF, pelo menos aqueles que já proferiram seus votos no processo: desde a relatora Ministra Ellen Gracie e seus colegas, Ministros José Antonio Dias Toffoli, Carmen Lucia, Ricardo Lewandowski, Joaquim Barbosa, Carlos Ayres Brito e Marco Aurélio Melo.

***

Tanto Mendes quanto Serra, negam a troca de telefonemas. A reportagem afirma que ouviu José Serra pronunciar a frase “meu presidente” quando Gilmar Mendes atendeu a ligação.

A foto ao lado, colhida do site Folha.com, de autoria de Moacyr Lopes Jr, da Folhapress, afirma, na legenda, que foi tirada enquanto Serra falava ao celular de seu assessor, que disse que era Mendes que estava na linha.

Por quais cargas d’água esta história parece verdadeira? Qual razão me leva a acreditar ser possível que Serra tenha pedido este favor a Mendes e este o ter atendido? Ainda mais tendo partido da Folha, notadamente à favor de Serra nestas eleições?

O STF precisa, urgentemente, excluir este Ministro do cargo e processá-lo. No mínimo, quebrar seu sigilo telefônico, sob risco de cair na vala dos desmoralizados.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: