SANDÁLIAS DO PIRATA

31/07/2010

A PRIVATIZAÇÃO DA TV CULTURA DE SP.

Filed under: POLITICA — julio pegna @ 7:24 PM

Começou o desmonte da TV Cultura de São Paulo.

Empresa pública da área de telecomunicação, atualmente presidida pelo economista João Sayad, a tradicional TV Cultura está sendo preparada para a privatização.

Nota oficial da emissora aponta para o caminho preferido dos administradores tucanos; gerir a coisa pública, para um neoliberal, deve ser maçante e monótono.

Veja o que diz parte da nota publicada hoje:

“A TV Cultura é patrimônio querido dos paulistas e brasileiros, com um acervo de ótimos programas e vários artistas e jornalistas de sucesso que começaram aqui, mas que precisa se renovar. Perdeu audiência, qualidade e se tornou cara e ineficiente.”

O comunicado foi elaborado para desmentir a notícia de que seriam demitidos 1.400 funcionários de um total de 1.800. A administração colocou em prática a operação “cadê você” convocando todos os funcionários a se apresentarem com seus crachás. Além disso, teria obrigado todos a assinar um documento provando sua existência!

Incrivel, não? Deve ser humilhante para o sujeito que trabalha ser chamado a mostrar a cara e assinar um papel. Por pura ineficiência do Governo do estado de São Paulo, que é o proprietário da emissora e não é capaz de organizar seu quadro de funcionários.

É uma pena. O caminho escolhido pelo estado mais rico da federação será, diante da maneira como está sendo tratado o caso, vender a TV Cultura. Quem sabe para a Globo, SBT ou Band.

Perderemos, o conjunto da população que tem acesso à programação da emissora, em qualidade.

A TV sempre baseou sua grade em programas de interesse coletivo, com alto teor cultural e nacional, sem levar em conta o apelo para audiência a qualquer custo, como fazem as demais concorrentes. Se a Cultura chegou neste estágio de ineficiência, como atestam seus diretores, é única responsabilidade daqueles que a administram.

A população não pode perder a TV Cultura. As crianças e os jovens; os amantes da boa música, dos bons filmes brasileiros, do jornalismo, enfim, todos aqueles que admiram a TV Cultura não podem ser penalizados com sua venda para uma emissora privada. O governo paulista tem obrigação de mantê-la funcionando e deve investir para que a emissora se torne cada vez mais forte.

Vender a Cultura é jogar na lama a Fundação Padre Anchieta. O governo do estado de São Paulo precisa tomar uma atitude. Atitude de gente séria e honesta. Privatizá-la será um crime.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: